Esta é uma iniciativa apoiada pela Câmara Municipal de Lisboa, que visa oferecer um conceito inovador de conservas, uma técnica diferenciadora de fazer chegar ao seu prato os mais requintados e afamados sabores de Portugal.

Juntando a originalidade do conceito do projeto, ao design inovador criado para a Miss Can, esta ideia de negócio conseguiu lugar no Castelo de S. Jorge, um dos locais turísticos mais emblemáticos da capital portuguesa e uma excelente rampa de lançamento para exportação da marca que, após um ano e meio em desenvolvimento, conseguiu arranjar um empréstimo de 20 mil euros, tornando-se a primeira empresa portuguesa a conseguir a obtenção de apoio ao abrigo do programa de microcrédito Lisboa Empreende.

A Miss Can é um projeto 100% português, que possui como fundadores Tiago Soares Ribeiro, Bárbara Pais Cabral e Marta Almeida Fernandes, todos eles descendentes de pioneiros portugueses na indústria das conservas, que pretendem com esta iniciativa, criar uma nova marca de conservas e recuperar as suas heranças familiares.

A Miss Can apresenta ao mercado cinco packs que se diferenciam pelo tempero, são eles:

  • Traditional;
  • Brave;
  • Hot;
  • Creative;
  • Patriot.

Estes packs, para além de possuírem temperos diferentes no seu interior, incluem também sugestões gastronómicas e curiosidades da história portuguesa. As ilustrações do que contemplam o design dos packs, ficam a cargo do ilustrador português André da Loba e o peixe vem de um produtor da Póvoa do Varzim.

Para adquirir os produtos da Miss Can, poderá fazê-lo através do site da marca e página do Facebook, mediante a encomenda dos mesmos.

Pin It on Pinterest

Vamos pôr Portugal a mexer. Colabora connosco!

A privacidade dos nossos leitores é fundamental. Os seus dados nunca serão facultados a terceiros.

Subscreveu com sucesso a nossa newsletter!